Societário e Tributário

Auxílio nas tomadas de decisões quanto ao melhor modelo societário e fiscal para o seu negócio.

Sabemos que acompanhar as diversas alterações que ocorrem na legislação tributária e, que impactam diretamente o seu negócio, não é uma tarefa fácil e merece especial tratamento para que você mantenha seu posicionamento no mercado. Desde o termo inicial de um empreendimento, a elaboração do contrato social, escolha do regime tributário, planejamento do exercício fiscal, recolhimento de impostos, posterior elaboração e implementação de soluções para reestruturação Societária e Fiscal até o plano Patrimonial e Sucessório, são especificidades que oferecemos para você sair na frente.

Nós, da VPadv, propomos soluções específicas, ofertamos elementos e auxiliamos nas tomadas de decisões quanto ao melhor modelo societário e fiscal para o seu negócio, com a máxima segurança jurídica.
Development.

Soluções em destaque:

  • Planejamento societário e fiscal;
  • Diagnosticar o modelo societário e o regime fiscal atual da empresa;
  • Compreender as peculiaridades do setor econômico de atuação, visando propor a estruturação societária e fiscal do negócio que proporcione a maior eficiência operacional com o menor custo tributário possível;
  • Implementar as estruturas societárias e fiscais concebidas ou então realizar operações de reorganização societária de grupos econômicos tais como fusão, incorporação ou cisão de sociedades já existentes;
  • Realizar procedimentos de avaliação de contingências e de processos operacionais (due diligences) que impliquem riscos societários ou fiscais para a empresa e/ou seus sócios/acionistas.
  • Planejamento Patrimonial e Sucessório;
  • Compreender a organização familiar (genograma) e as expectativas de sucedidos e sucessores;
  • Diagnosticar o estágio atual de organização dos bens familiares e do planejamento sucessório destes ativos;
  • Mapear e apontar os riscos de eventuais atos jurídicos já praticados pela família que configurem adiantamento de patrimônio para herdeiros;
  • Formular o desenho das estruturas jurídicas necessárias para promover a organização do patrimônio da família, tais como holdings de participação societária, holdings patrimoniais, FIP – Fundos de Investimento em Participações, etc.;
  • Formular os instrumentos jurídicos necessários para formalizar as relações de união estável e de casamento dos herdeiros, tais como contratos de união estável e pactos antenupciais para disciplinar o regime patrimonial após a formalização da união estável ou do casamento;
  • Formular os instrumentos jurídicos necessários para a transmissão dos bens: instrumentos de doação e de testamento, cláusulas de usufruto (de controle e de dividendos), de inalienabilidade, impenhorabilidade e incomunicabilidade de bens doados ou herdados;
  • Tratar dos aspectos tributários que envolvem a sucessão familiar e dos impostos incidentes sobre herança e doações.