Da Estruturação Societária à Confecção de Termos de Uso.

Empreendedores de São Paulo procuraram pela Vanzin & Penteado na fase de MVP de desenvolvimento da Startup intitulada Cabide.

O projeto é uma iniciativa focada em aumentar as oportunidades de trabalho, de forma desburocratizada e tecnológica, através de um aplicativo que conecta prestadores de diversos serviços com potenciais clientes.

Inicialmente, o escopo definido e executado pela Vanzin & Penteado foi:

 

  • Estruturação e planejamento societário
  • Recomendação do melhor tipo societário para o momento atual da Startup
  • Elaboração dos instrumentos de constituição

 

O estudo levou em consideração os envolvidos no empreendimento, a fase e necessidades do projeto, participações e funções desempenhadas por cada sócio, restrições pessoais, e tipo de serviço a ser oferecido pela plataforma.

Após análise e parecer jurídico finalizado, apresentação das alternativas e desdobramentos para cada uma das opções, os empreendedores optaram pelo caminho que melhor atendia suas premissas e necessidades.

Foram, então, confeccionados os instrumentos societários, os quais foram entregues aos sócios e posteriormente assinados.

“Tivemos uma indicação da VP, logo após entramos em contato. Felizmente fizemos uma reunião inicial produtiva, e fomos muito bem atendidos”, explicou o CEO da empresa.

Satisfeitos com a assessoria dos sócios da Vanzin & Penteado, os empreendedores retornaram após o amadurecimento da plataforma, a fim de elaborar os Termos e Condições de Uso.

Por sua vez, o escopo definido e executado pela Vanzin & Penteado foi:

 

  • Análise do modelo de negócio idealizado
  • Análise do funcionamento e fluxos da plataforma
  • Confecção dos Termos e Condições de Uso da Plataforma

 

Para tal, foi necessário um entendimento completo do processo, em especial sobre quais seriam os serviços oferecidos pela plataforma, com objetivo de identificar quais seriam as responsabilidades de cada uma das partes.  Desta análise, restou claro que Cabide foi desenhada como um ambiente virtual para intermediação de operações entre os usuários tomadores e prestadores de serviço, restringindo, portanto, a responsabilidade da empresa a este contexto.

Ainda, foi realizado estudo aprofundado dos fluxos da plataforma, desde o cadastro de usuários, atentando-se às questões referentes à proteção de dados pessoais, como se dariam as relações entre eles, obrigações e deveres de cada parte, até o formato de monetização do projeto.

Como um dos objetivos dos Termos de Uso é, também, garantir mais segurança para a empresa, tópicos como propriedade intelectual e resolução de eventuais conflitos também foram considerados.

Importante ressaltar a mutabilidade deste instrumento que deve ser atualizado à medida que o projeto se desenvolve e novas atualizações, features e serviços passam a ser disponibilizados para o cliente final.

Para o CEO da Cabide, o atendimento foi completo. “Recomendamos a Vanzin & Penteado pelo bom atendimento e corpo técnico qualificado, que se preocupa em buscar as melhores soluções.”, finaliza.

À Cabide permanece o nosso agradecimento e votos de sucesso duradouro.

 

Por Kael Moro